Era digital põe 63 mil ações em sigilo

Em primeiro plano, monitor com sistema de Processo Judicial eletrônico; ao fundo, treinador do CNJ(A Cidade – 30.mai.2015/Cristiano Pavini)

No Fórum de Ribeirão Preto tramitam 63 mil processos sigilosos. Apesar da maioria deles não estar oficialmente sob segredo de Justiça, só podem ser acessados por advogados, promotores de Justiça e partes envolvidas.

Todos esses processos estão em formato digital. Ao contrário dos autos em papel, que podem ser analisados por qualquer um nos cartórios, eles tem restrição de acesso.

(…)

Praticamente um em cada cinco processos tramitando em Ribeirão é digital – e, portanto, sigiloso.
A situação não é restrita à comarca local: no Tribunal de Justiça (TJ) do estado de São Paulo, o maior do país, por exemplo, eram 2 milhões de processos tramitando em formato digital em abril, conforme resposta dada ao A Cidade por meio da Lei de Acesso à Informação (LAI).