Em dez anos, PM do Rio expulsou 347 agentes por lesões, estupros e tortura

Fonte: O Globo (15.03.2020) | Autoria: Diego Amorim

(…)

Dados obtidos com a Polícia Militar, via Lei de Acesso à Informação, revelam que, de 2008 a 2018, 347 policiais foram licenciados ou expulsos da corporação por crimes como homicídio, lesão corporal, agressão, atentado violento ao pudor, estupro, violação de domicílio e tortura: são cerca de 30 agentes afastados por ano, quase um a cada 12 dias.

Números do Instituto de Segurança Pública (ISP) mostram que as mortes causadas por agentes do Estado subiram 335% nos últimos sete anos no Rio de Janeiro: passou de 416 pessoas, em 2013, para 1.810, no ano passado.

[Reportagem completa em O Globo]