Ministério Público abre inquérito para investigar se assessor de Doria cometeu ato de improbidade administrativa

Fonte: SPTV (08.11.2017) | Autoria: Walace Lara

O Ministério Público de São Paulo instaurou na tarde desta quarta-feira (8) um inquérito civil para apurar possível ato de improbidade administrativa por violação a princípios contitucionais cometido pelo ex-chefe de gabinete da Secretaria de Comunicação da Prefeitura de São Paulo, Lucas Tavares. O assessor foi demitido.

A distribuição do procedimento investigatório foi feita com base nas reportagens do G1 e do jornal “O Estado de S. Paulo”.

[Leia e assista a reportagem completa no G1]