Servidores da Câmara de Curitiba chegam a ganhar mais de R$ 300 mil ao se aposentarem

Fonte: Gazeta do Povo (29.11.2017) | Autoria: João Frey

Todos os servidores da Câmara de Curitiba têm direito a três meses de folga remunerada a cada cinco anos de trabalho – além do período normal de férias. O benefício, chamado de licença prêmio, é comum no serviço público e concedido aos funcionários que não se afastaram de suas funções. Mas uma lei municipal de 2012, sancionada pelo então prefeito Luciano Ducci (PSB), permitiu que as licenças não gozadas pudessem ser indenizadas e pagas no momento da aposentadoria – que é o que aconteceu com todos os servidores do Legislativo municipal nos últimos cinco anos.

Dessa forma, ao se aposentar, os servidores recebem quantias elevadas a título de indenização. Nos últimos cinco anos, essas indenizações custaram cerca de R$ 14 milhões aos cofres da Câmara Municipal, mostra um relatório de pagamentos obtido via Lei de Acesso à Informação.

[Leia a reportagem completa na Gazeta do Povo]