Para manter a Força Nacional no Rio, União gastou R$ 144,2 milhões; valor pagaria bonificações das polícias do Estado

Fonte: EXTRA (11.09.2017) | Autoria: Nelson Lima Neto

Na última terça-feira, o secretário Roberto Sá confessou, em audiência pública realizada na Assembleia Legislativa do Rio, que pediu ao governo federal recursos para o pagamento do Regime Adicional de Serviço (RAS) aos agentes de Segurança do Estado, e não mais agentes. O argumento de Sá ganha força em função dos gastos da União com a presença de agentes como os da Força Nacional.

Com base em números passados via Lei de Acesso à Informação, o Ministério da Justiça e Segurança Pública confirmou a despesa total de R$ 144,2 milhões de janeiro de 2016 à julho deste ano. O valor seria mais do que suficiente para quitar os meses atrasados de RAS, que geram pendência estimada em mais de R$ 30 milhões (as corporações não informaram os dados consolidados).

[Leia a reportagem completa no EXTRA]