Editorial: Caixa-preta explosiva

Fonte: Folha de S.Paulo (03.08.2016) | Autoria: Redação

São pouco convincentes as justificativas do Ministério da Defesa, sob o comando de Raul Jungmann, para manter o sigilo de documentos sobre vendas de armamentos de guerra do Brasil ao exterior.

A solicitação negada, feita pela reportagem destaFolha sob guarida da Lei de Acesso à Informação, se refere a documentos de 2003 a 2005, no primeiro governo de Luiz Inácio Lula da Silva (PT).

[Leia o editorial completo na Folha]