Dono de gestora de plano de saúde financiou ministro que quer rever SUS

Fonte: Folha de S.Paulo (17.05.2016) | Autoria: Rubens Valente

O ministro da Saúde, deputado federal licenciado Ricardo Barros (PP-PR) –que em entrevista divulgada nesta terça (17) pela Folha defendeu uma revisão do tamanho do SUS (Serviço Único de Saúde)–, teve a campanha eleitoral financiada em parte por um dos principais operadores de planos de saúde do país.

O empresário Elon Gomes de Almeida fez uma doação pessoal de R$ 100 mil à campanha de Barros em 2014. Ele é presidente da Aliança, administradora de planos de saúde e registrada na ANS (Agência Nacional de Saúde Suplementar), órgão regulador do setor e vinculado ao ministério de Barros.

[Leia a reportagem completa na Folha]