Casa Civil quer e-mails de ‘Bessias‘ protegidos por 100 anos

Fonte: O Globo (10.05.2016) | Autoria: Francisco Leali

Foto: Roberto Stuckert Filho/PR

A Casa Civil decidiu manter em sigilo todos os e-mails que o servidor Jorge Rodrigo Messias recebeu ou enviou nos dias que antecederam a operação para tentar transformar o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva ministro do governo Dilma. Citado na conversa gravada pela Polícia Federal entre a presidente Dilma Rousseff e Lula da Silva, Messias, ou “Bessias”, como ficou conhecido, foi o servidor designado para levar o termo de posse que daria ao petista cargo de ministro da Casa Civil. Na avaliação da Pasta, as mensagens deveriam ficar protegidas por 100 anos.

A Casa Civil se recusou a liberar as mensagens a partir de pedido feito em março com base na Lei de Acesso, apesar de já haver precedentes da Controladoria Geral da União (CGU) reconhecendo que e-mails funcionais podem ser objeto de pedido por qualquer cidadão.

[Leia a reportagem completa em O Globo]