Transtornos psiquiátricos afastam quatro PMs por dia em São Paulo

Fonte: () | Autoria:

Fonte: Agora, via Folha de S.Paulo (24.ago.2015) | Autor: William Cardoso

Transtornos psiquiátricos foram responsáveis por 14.756 afastamentos de policiais militares entre 2005 e 2014 no Estado. Os números obtidos pela reportagem por meio da Lei de Acesso à Informação mostram que, durante esses 10 anos, quatro PMs receberam autorização diariamente, em média, para se tratar fora do serviço.

Segundo especialistas e PMs da ativa e da reserva, o número de policiais afetados por problemas mentais pode ser bem maior do que o de afastamentos concedidos. Eles dizem que o preconceito e a dificuldade em obter autorização para se tratar estão entre os obstáculos, diante de uma corporação que tem um efetivo reduzido.

Especialista em segurança pública, o tenente-coronel da reserva Adilson Paes de Souza afirma que os dados são preocupantes, mas que existem inúmeros policiais que, em um primeiro momento, não são diagnosticados com transtorno mental.

[Leia a reportagem completa na Folha]